As mulheres, na cidade de Maputo, não celebraram o dia 07 de Abril com muita pompa e circunstância como forma de solidarizarem-se com as vítimas dos ataques terroristas em Cabo Delgado e da pandemia do novo Coronavírus.

Um ambiente tímido, meio que reservado, cantos carregados de tom de tristeza e pouca dança…está tudo calmo. É 07 de Abril, dia da mulher moçambicana. É festa, mas há menos motivos para celebrar e mais para parar, reflectir e solidarizar-se com as vidas que se foram devido à COVID-19 e os que sofrem com os ataques terroristas em Cabo Delgado. Mas, a festa é quase que tradição; realizou-se em muita azáfama.

Nem a pandemia, nem violência armada em Cabo Delgado impediram os ambientes festivos em alguns bairros de cidade de Maputo. A zona do Pulmão é disso um exemplo.