Início Sociedade Forte discussão sobre questões prévias marcou o arranque o julgamento das dívidas...

Forte discussão sobre questões prévias marcou o arranque o julgamento das dívidas ocultas

O Inicio do julgamento do caso “Dívidas Não Declaradas”, na Penitenciária de Máxima Segurança, também conhecida por BO, foi marcado por uma forte discussão à volta de questões prévias que acabaram por atrasar a audição do primeiro arguido, Cipriano Mutota.

A audição de Mutota estava prevista para as 9.00 horas, mas mais de três horas depois as discussões sobre as questões previas, relacionadas com prisão preventiva e o código penal continuavam.

O advogado de defesa Alexandre Chivale evocou direitos especiais dos seus constituintes por serem funcionários do SISE.

Para além de Mutota, está previsto ainda hoje a audição do Teófelo Nhangumele, tido como uma das peças-chave do caso do escândalo financeiro que lesou o Estado moçambicano em cerca de 2.2 biliões de dólares norte-americanos.

FONTEJornal Notícias
Artigo anteriorVagas de emprego do dia 23 de Agosto de 2021
Próximo artigoFMO pretende contestar extradição de Manuel Chang para Maputo