Início Internacional Venezuelanos cruzam a Bolívia para o Chile, apesar de ameaças de deportação

Venezuelanos cruzam a Bolívia para o Chile, apesar de ameaças de deportação

Centenas de migrantes com filhos, a maioria venezuelanos, entraram no Chile na quinta-feira (23) por meio de travessias clandestinas na fronteira com a Bolívia, apesar do governo chileno anunciar que retomará as deportações de quem entrar irregularmente no país.

Os migrantes, em busca de ajuda básica e abrigo, entram constantemente ao longo do dia por Colchane, uma cidade rural de pouco mais de mil habitantes nas terras altas.

Junto com a migração clandestina neste lugar árido e extremamente frio, a mais de 3.600 metros de altitude, o negócio do transporte ilegal também cresceu, e o preço de levar um migrante para as cidades chega a 70 dólares por pessoa, confirmaram jornalistas da AFP.

FONTEISTOÉ
Artigo anteriorPolícia Federal no Brasil deteve boliviana envolvida pelo acidente do avião que transportava o Chapecoense
Próximo artigoNó de Tchumene foi oficialmente aberto na Matola