Na província do Niassa, caçadores furtivos balearam, na última segunda-feira, um guarda fiscal afecto ao bloco 4 da Reserva da província.

O facto aconteceu quando a vítima, na companhia de três colegas, perseguia um grupo de quatro caçadores furtivos, munidos de armas de fogo, que acabavam de abater um elefante, perto do acampamento pertencente ao projecto “carnívoros do Niassa”.

Os caçadores furtivos foram os primeiros a verem os fiscais e de seguida abriram fogo contra os mesmos, o que resultou no ferimento de um deles.

Devido a gravidade do ferimento, a vítima foi transferida do Centro de Saúde de Mecula para o Hospital provincial de Lichinga.

RM