Início Sociedade Açucareira de Marromeu retoma actividade após incêndio

Açucareira de Marromeu retoma actividade após incêndio

A fabrica de açúcar de Marromeu, na província de Sofala, registou perdas acima de vinte milhões de meticais na sequência da paralisação de dez dias motivada por um incêndio que destruiu a sala de controlo.

A unidade fabril voltou a funcionar na terça-feira (21) na máxima capacidade.

Os prejuízos correspondem a cerca de seis mil toneladas de cana sacarina que já estava preparada para ser transformada em açúcar e que, devido à paralisação, acabou por apodrecer. O director financeiro da Companhia de Sena, Luc Burton, explica que seriam produzidas seiscentas toneladas de açúcar.

Entrevistado telefonicamente pela Rádio Moçambique, Luc Burton fez saber que a empresa decidiu alargar por mais dez dias a presente campanha de produção, que estava prevista para terminar a 30 de Outubro próximo.

O incêndio foi causado por um curto-circuito e destruiu diverso equipamento informático da sala de controlo da açucareira de Marromeu, segundo o inquérito levado a cabo pela própria fábrica.

FONTEJornal Notícias
Artigo anteriorONU denunciou desvio de mais de 62 milhões de euros nos cofres dos Estado no Sudão do Sul
Próximo artigoVagas de emprego do dia 24 de Setembro de 2021