Foi oficialmente reaberta a antiga estrada nacional número 6, que liga o posto administrativo de Inhamízua ao centro da cidade da Beira. O troço de 14 quilómetros custou cerca de 200 milhões de meticais.

A reabilitação do  troço vem por ponto final ao calvário para se entrar na urbe e descongestionar o único acesso que existia para se chegar ao porto da Beira.

“A estrada estava muito danificada e tinha muita poeira, agora já está pavimentada e os carros circulam à vontade”, disse um dos munícipes.

Para a Associação dos Transportadores da Beira, a reabertura desta estrada, devidamente reabilitada, vem facilitar  a actividade dos utentes do porto tendo em conta que existem ao longo da rodovia diversos portos secos.

“É um suspiro de alívio. O grande congestionamento que temos no porto vai reduzir com a inauguração desta estrada”, afirmou Hernâni Silva da ASTROS

O presidente da autarquia da Beira, que reinaugurou a estrada, quer a contribuição dos transportadores na reabilitação e manutenção das rodovias.

“Os camiões têm que começar a pagar, precisam de contribuir para manutenção da estrada. Agora como vai ser feito, isso temos que discutir. Não queremos extorquir a ninguém mas queremos garantir que esta estrada seja mantida”, disse o Edil.

O País