Politica Terroristas protagonizam saques em aldeiais de Palma

Terroristas protagonizam saques em aldeiais de Palma

O Posto Administrativo de Olumbe no distrito de Palma foi palco de mais um ataque protagonizado por um grupo de mais de 10 terroristas, na última sexta-feira, tendo havido saque em algumas barracas, sem registo de vítimas mortais.

Este foi o primeiro ataque registado no território sob controlo das forças ruandesas desde que a tomada da vila de Mocímboa da Praia e do Posto Administrativo de Mbau, em Mocímboa da Praia, e do Posto Administrativo de Pundanhar, no distrito de Palma, reporta a Carta de Moçambique.

As fontes contam que as forças ruandesas entraram logo em acção, perseguindo os terroristas, mas estes já tinham abandonado a aldeia.

Fontes locais contaram à “Carta” que o grupo entrou na aldeia disparando, ao mesmo tempo que obrigava as pessoas a retirarem-se para os esconderijos, onde a maioria pernoitou. Um residente em Palma disse que, apesar desta incursão, a vida na vila de Palma decorre normalmente e a população acredita que o grupo será eliminado.

Presume-se também que o grupo de atacantes seja constituído por jovens que se juntaram aos terroristas e que, devido à fome, recorre a ataques esporádicos, à procura de mantimentos. A tranquilidade vivida nos últimos dias em Palma tem estimulado o regresso de muitas famílias àquele distrito.

Artigo anteriorVagas de emprego do dia 10 de Maio de 2022
Próximo artigoGoverno vai admitir novas companhias aéreas