Início Sociedade Justiça PGR intenciona criar sector para combater terrorismo, tráfico de armas e drogas

PGR intenciona criar sector para combater terrorismo, tráfico de armas e drogas

A Procuradoria-Geral da República (PGR) perspectiva a criação de uma área específica que vai lidar com crimes complexos, incluindo o terrorismo, que se regista na província de Cabo Delgado.

Segundo a Procuradora-Geral da República, Beatriz Buchili, esta iniciativa enquadra-se na revisão da Lei Orgânica do Ministério Público,que demonstra a pertinência da actuação de um plano nacional de combate ao terrorismo e extremismo violento no país.

Buchili falava ontem na Assembleia da República (AR), na apresentação do informe anual da instituição que dirige sobre o estado geral do controlo da legalidade no país referente a 2020.

Para a Procuradoria-Geral da República, os últimos acontecimentos na província de Cabo Delgado mostram quão é importante o fortalecimento da capacidade institucional do sector da administração da justiça de modo a garantir o controlodas fronteiras do país.

De acordo com Buchili, as organizações criminosas, munidas de armamento sofisticado e tecnologia de informação e comunicação, que suporta a sua propaganda, aproveitam-se das fragilidades das fronteiras marítimas e terrestresnacionais, bem como da vulnerabilidade socioeconómica de alguns cidadãos, maioritariamente jovens, para realizar as suas operações.

A magistrada defendeu que não se pode enfrentar o crime de terrorismo desassociado de outros tipos legais de crime que se mostram a ele conexos, como o tráfico de armas, drogas e pessoas; exploração ilegal de recursos minerais, florestais e faunísticos, branqueamento de capitais e financiamento ao terrorismo.

FONTEJornal Noticias
Artigo anteriorJovens evadem-se dum centro de correção juvenil nos EUA
Próximo artigoIntrodução de nova faixa de rodagem na Av Marginal marcada por dois feridos