Portugal manifesta a disponibilidade de alargar o âmbito da assistência à cooperação bilateral com Moçambique no domínio da saúde, com um esforço da disponibilização de equipamento de protecção individual para os profissionais da saúde.

A garantia foi dada, na segunda-feira em Maputo, pela embaixadora cessante de Portugal, Maria Amélia Paiva, momentos após apresentar os cumprimentos de despedida ao Chefe do Estado moçambicano, Filipe Nyusi, findos 4 anos do seu mandato no país

“ Espero que ainda mais proximamente, com os programas de cooperação na área de segurança e defesa, onde quer a título bilateral, quer obviamente no contexto da União Europeia, na sequência da visita do ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal com o chapéu e o mandato da União Europeia, neste caso do alto representante, Josep Borrel, podemos continuar certamente com Moçambique a construir condições cada vez mais adequadas para uma resposta firme contra o terrorismo”, disse.

Ainda na segunda-feira, o Presidente da República recebeu os cumprimentos de despedida da embaixadora extraordinária e plenipotenciária da República da Turquia, com quem Moçambique detém a cooperação bilateral no domínio do comércio, com uma carteira de investimentos de 150 milhões de dólares.