Trinta se sete adolescentes foram detidas na tarde desta quarta-feira 22, numa madrassa na cidade da Beira, onde, segundo a polícia, as mesmas estavam presumivelmente numa sessão de educação.

As adolescentes foram restituídas à liberdade no fim da tarde, mas o responsável pela madrassa continua sob custódia policial.

As raparigas foram recolhidas para o Gabinete Provincial de Atendimento à Família a nível da cidade da Beira, tal como confirmou o porta-voz da PRM em Sofala, Daniel Macuácua.