Politica Presidente de Moçambique envia condolências a Putin após morte de Embaixador Russo...

Presidente de Moçambique envia condolências a Putin após morte de Embaixador Russo em Maputo

Receba vagas no seu WhatsApp

Siga o nosso canal do WhatsApp para receber vagas no status do WhatsApp.

Clique aqui para seguir

O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, dirigiuuma mensagem de condolências ao Presidente russo, Vladimir Putin, pela morte do embaixador Alexander Surikov em Maputo. O líder moçambicano assegurou apoio durante o processo subsequente.

Nyusi destacou as qualidades excecionais do embaixador, descrevendo-o como um diplomata dedicado que promoveu uma cooperação profícua entre os dois países. A Presidência de Moçambique reiterou solidariedade e apoio total às etapas seguintes.

O Ministério Público moçambicano declarou desconhecer a alegada recusa das autoridades russas em autorizar a autópsia do embaixador. Alexander Surikov, de 68 anos, foi encontrado morto na sua residência oficial no sábado à noite. A polícia moçambicana informou que as autoridades russas impediram qualquer exame ao corpo.

A investigação preliminar sugere morte súbita por causas indeterminadas. No entanto, por ordens russas, não foram realizados exames ou autópsias. Fotografias do corpo foram capturadas, e o cônsul russo presente prestou depoimento.

Em fevereiro, Surikov expressou a disposição de Moscovo para auxiliar Moçambique no combate ao terrorismo em Cabo Delgado, se solicitado. Ele destacou a cooperação militar entre os dois países e reiterou o apoio russo a Moçambique, afirmando que o país pode sempre contar com a Rússia.

Ganhe 1000MT hoje no Aviator. Comece com 10MT.