A ministra de Saúde da França, Agnes Buzyn, anunciou a primeira morte de uma pessoa com coronavírus na Europa. A ministra disse no sábado (15) ter sido informada na noite de sexta-feira (14) sobre a morte de um paciente de 80 anos, que estava hospitalizado no país desde 25 de Janeiro.

O paciente, um turista chinês da província de Hubei, tinha uma infecção no pulmão causada pelo coronavírus. Ele chegou à França em 16 de Janeiro e foi hospitalizado em 25 de Janeiro sob rigorosas medidas de isolamento.

“Sua condição piorou rapidamente e ele esteve em estado crítico por vários dias”, disse Buzyn em comunicado na televisão. A filha do turista chinês também foi hospitalizada, mas autoridades disseram que a expectativa é de que ela se recupere.

Até então, segundo as últimas actualizações, além das 1.381 mortes na China, incluindo uma no território de Hong Kong, foram registradas duas mortes (uma nas Filipinas e uma no Japão – ambos países asiáticos).

Metrópoles