Voo TM315 da LAM com destino a Maputo é obrigado a retornar a Pemba depois de quebra de vidro frontal. Incidente ocorreu após 40 minutos de voo.

Passageiros que embarcaram no Boeing 737 das Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), que saiu de Pemba com destino a Maputo, no início da tarde da quarta-feira (09), viveram momentos de pânico.

A aeronave foi obrigada a regressar ao aeroporto de origem cerca de 40 minutos depois de ter iniciado o voo à capital moçambicana devido a um problema num dos vidros frontais. O avião transportava 77 passageiros e seis tripulantes.