A Presidente do Conselho de Administração (PCA) da Sociedade Interbancária de Moçambique (SIMO), Gertrudes Tovela, aconselha os moçambicanos que se encontram no estrangeiro a contactarem os seus bancos para poderem fazer as transferências financeiras.

“Temos alguns moçambicanos fora do país que foram apanhados de surpresa, uma vez que levaram os cartões bancários para efectuar as diferentes transacções. Queremos apelar e recomendamos que os nossos conterrâneos que estão fora do país contactem os seus bancos e familiares para poderem fazer as transferências financeiras, observando os requisitos legais”, disse a PCA da SIMO.

Gertrudes Tovela, revelou em conferencia de imprensa que teve lugar na tarde deste domingo, que os bancos sabem quais são os procedimentos que devem tomar para que estas transacções sejam feitas, referindo-se, a título de exemplo, ao Moneygram, que pode ser usado para fazer as transferências.

Ao nível nacional, os bancos foram autorizados a aumentar o tempo de serviço, podendo abrir até aos fins-de-semana para que possam responder às necessidades de levantamento de numerário.

Folha de Maputo