Início Sociedade Refugiados ruandeses denunciaram perseguição pelo Governo de Kigali

Refugiados ruandeses denunciaram perseguição pelo Governo de Kigali

A Associação dos Ruandeses Refugiados em Moçambique reforça o pedido de apoio internacional face à alegada perseguição pelo Governo de Kigali, após novas intimidações contra um dos seus membros.

Innocent Abubakar, um ruandês refugiado em Moçambique, terá sido intimidado no domingo (03.10), quando dois homens tentaram entrar, à força, na sua residência na província de Nampula, norte do país, disse o presidente da Associação dos Ruandeses Refugiados em Moçambique, Cleophas Habiyareme.

Innocent Abubakar, refugiado em Moçambique há mais de cinco anos, é professor na Universidade localizada na cidade de Nampula.

FONTEDW
Artigo anteriorMontepuez celebrou 50 anos de elevação a cidade em Cabo Delgado
Próximo artigoMambas perderam diante da congénere dos Camarões em Yaoundé