A Polícia da República de Moçambique (PRM) assegura estar a trabalhar para o esclarecimento do caso de rapto, na madrugada de quarta-feira 12, de um despachante aduaneiro no distrito de Boane, província de Maputo.

Em comunicado recebido na nossa Redacção, a Polícia esclarece que para o efeito foi constituída uma equipa que integra membros de diferentes áreas da corporação.

São ainda escassas as informações em torno da ocorrência.

Sabe-se, no entanto, que Artur Mabjaia foi raptado por volta da uma hora da quarta-feira, no bairro Belo Horizonte.