Três pessoas estão detidas no distrito de Lago, no Niassa, acusadas de agitação durante a contagem de votos nas eleições de ontem, noticiou a Rádio Moçambique.

Trata-se de indivíduos que encabeçaram um grupo de pessoas que depois da votação permaneceu nas mesas, exigindo que o processo de apuramento decorresse na sua presença.

O porta-voz do Comando Provincial da Polícia da República de Moçambique, Alves Mathe, disse que, quando a corporação foi chamada a intervir, os populares arremessaram pedras que resultaram no ferimento de um membro da PRM e danificação parcial da viatura policial.

Jornal Notícias