Uma mulher de 25 anos de idade matou o filho por asfixia e enterrar o cadáver, para ocultar o crime, em Quelimane, Zambézia.

Segundo a Rádio Moçambique, a denúncia foi feita por vizinhos, que a terão surpreendido, a tentar enterrar o corpo do bebé.

O porta-voz do Comando provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM) na Zambézia, Sidner Lonzo, disse que a corporação aguarda pelos exames médicos para se auferir o estado mental da jovem mãe, o que vai culminar com a abertura de um processo-crime.

“Depois de trazer todas as provas médicas possíveis sobre o envolvimento desta cidadã, poderemos fazer o levantamento do processo que terá o seu acompanhamento junto das entidades de justiça”, disse.

Folha de Maputo