Início Politica Processo do DDR recebeu 368 guerrilheiros da Renamo em Tete

Processo do DDR recebeu 368 guerrilheiros da Renamo em Tete

Trezentos, sessenta e oito ex-guerrilheiros da Renamo da base de Monjo, distrito de Moatize, em Tete, estão desde ontem a entregar as suas armas, no âmbito do Desarmamento, Desmobilização e Reintegração (DDR)

A actividade decorre até 14 de Julho, e Tete passa a ser a quarta província depois de Sofala, Inhambane e Manica.

Após entregar as armas, os desmobilizados regressam às suas zonas de origem, depois serem registados para gozarem dos direitos previstos para os guerrilheiros da Renamo abrangidos pelo DDR.

A Secretária do Estado de Tete, Elisa Zacarias, exortou a sociedade para facilitar a integração dos desmobilizados, dando oportunidades para que eles possam participar em projectos de produção e formação.

A fonte explicou que desde o iniciou do DDR, Tete acolheu 51 ex-guerrilheiros da Renamo, que têm sido exemplares em actividades socio-económicas nos seus locais de origem, tendo apelado a todos da base de Monjo a seguirem o mesmo exemplo.

O representante da Renamo na comissão dos assuntos militares, André Magibire, manifestou satisfação por testemunhar mais uma etapa do compromisso assumido entre o Governo e o seu partido.

Magibire anteviu adversidades na integração social dos ex-guerrilheiros nas suas zonas de origem, mas desafiou-os a encara-las até ultrapassá-las, afirmando que podem contar com o apoio das autoridades locais.

FONTEFolha de Maputo
Artigo anteriorAnomalias regulares das aeronaves da LAM geram preocupação dos utentes
Próximo artigoExplosão em carrinha da polícia fez dezassete feridos em Los Angeles