Foi com um discurso incisivo contra a desinformação que Filipe Nyusi abriu o Conselho Coordenador do Ministério da Defesa.

Sem apontar nomes, o Chefe de Estado criticou os órgãos de informação que perfilam nesta que considera uma acção alinhada com a estratégia dos terroristas.

Assim, Nyusi quer que as Forças de Defesa e Segurança estejam atentas para que as suas acções operativas incluam o combate a estas atitudes, até dentro das suas fileiras.

Por outro lado o Comandante em Chefe das FADM quer que o exército salvaguarde, nas suas actuações, também questões relacionadas com os direitos humanos e humanitários.

Para todos os desafios impostos ao sector, o Ministro da Defesa Nacional reiterou a prontidão nas fileiras.

O 21º Conselho do Ministério da Defesa conta com a presença de antigos Ministros e dirigentes do sector da defesa e tem duração de três dias e decorre sob o lema “Sector da Defesa: Engajado na Defesa da Soberania e na Consolidação da Paz, Face às Novas Ameaças.