Ao menos 3 pessoas morreram e 27 ficaram feridas em um incêndio que atingiu um edifício em Paris, na França, no sábado (22). De acordo com a imprensa local, duas pessoas morreram carbonizadas e uma ao pular da janela para tentar se salvar.

O imóvel, que fica na Rua de Nemours, tem seis andares e foi construído entre os anos 70 e 80. Além de apartamentos residenciais, o prédio comporta um restaurante e uma casa de banho turco.

Por volta das 10h, o fogo havia sido “controlado, mas não totalmente apagado”, segundo um porta-voz do Corpo de Bombeiros. Um total de 200 bombeiros foram mobilizados para a ocorrência.

Agentes do laboratório forense central da polícia de Paris foram ao local para recolher informações sobre o incêndio, cuja origem ainda não foi determinada.

“Estávamos dormindo quando, por volta das 5 horas da manhã, comecei a sentir cheiro de fumaça. Abri a janela e havia um caminhão dos bombeiros na rua, vimos uma enorme coluna de fumaça. Ouvimos gritos, muito barulho e saímos correndo”, relatou à agência France Presse Jérôme Cariati, um morador do bairro.

“Vimos pessoas que foram retiradas descalças. Pareciam em choque, algumas com dificuldade para respirar”, acrescentou.

Na madrugada de 5 de Fevereiro, uma mulher com problemas psiquiátricos deliberadamente iniciou um incêndio em um prédio em Paris, matando 10 pessoas e ferindo 96, o maior número de mortos na capital em quase 14 anos.

Metrópoles