Técnico do IPAJ baleado quando fugia com marfim
Um técnico do Instituto de Patrocínio e Assistência Jurídica (IPAJ) afecto ao distrito de Macomia, Cabo Delgado, foi baleado pelos fiscais do Parque Nacional das Quirimbas, quando tentava fugir na posse ilegal de pontas de marfim.

Identificado apenas pelo único nome de Amisse, o técnico fazia-se acompanhar de um escrivão de Direito da Procuradoria Distrital de Macomia, que neste momento encontra-se em parte incerta, sendo que o técnico do IPAJ, ferido numa das pernas, está a receber tratamento no Hospital Provincial de Pemba.

O Procuradoria Distrital de Macomia, Paz José, deu a conhecer que se trata do quarto caso em que se encontra envolvido o escrivão de Direito, ainda a monte, na compra e venda ilegal de pontas de marfim. “Anteriormente, o escrivão de Direito na Procuradoria de Macomia, envolveu-se num caso de posse ilegal de arma de fogo e, em consequência disso, teve um processo criminal e antes de ser sentenciado, de novo veio a envolver-se num caso em que foi acusado de ser traficante de marfim, tendo sido detido e conduzido às autoridades e veio a ser solto com o pagamento de caução”, contou José Paz.