Sociedade Dondo: Mais de 500 alunos beneficiam de melhorias na infraestrutura e qualidade...

Dondo: Mais de 500 alunos beneficiam de melhorias na infraestrutura e qualidade do ensino

Receba atualizações de trabalhos do MMO Emprego

Siga o nosso canal do Whatsapp para receber atualizações diárias anúncios de vagas.

Clique aqui para seguir

A Escola Básica 25 de Setembro, no bairro da Mafarinha, em Dondo, província de Sofala, recebeu a entrega de oito salas de aulas, cinco reabilitadas e três novas, através de uma parceria entre o município de Dondo e a Fábrica de Explosivos de Moçambique (FEM).

A iniciativa, que faz parte do programa de responsabilidade social da FEM, beneficiará mais de 500 alunos e representa um importante passo para a melhoria da qualidade do ensino na região.

A FEM financiou a reabilitação e construção das salas de aula, além de fornecer 150 kits-mochilas com material escolar.

A obra visa reduzir o número de alunos sem acesso a salas de aula e melhorar as condições de ensino e aprendizagem.

O projeto também contribui para a diminuição das interrupções no processo educativo em dias de intempérie.

O Presidente do Conselho Municipal de Dondo, Manuel Chaparica, destacou a responsabilidade do governo municipal na construção e manutenção de infraestruturas escolares.

Chaparica agradeceu à FEM por atender ao pedido de apoio na construção e reabilitação de infraestruturas importantes para a comunidade.

O diretor da delegação da FEM na Beira, Sérgio Ferreira, salientou que a iniciativa faz parte do compromisso da empresa com o desenvolvimento da comunidade.

Ferreira mencionou a importância da educação para o futuro das crianças moçambicanas e a satisfação da FEM em proporcionar um ambiente de aprendizagem mais adequado e seguro.

A entrega das salas de aula se soma à recente inauguração da Escola Secundária de Mafambisse, a maior do país, com capacidade para 10 mil alunos.

Estas iniciativas demonstram o compromisso do governo e da iniciativa privada com a educação em Moçambique.

A melhoria da infraestrutura e do acesso à educação contribui para o desenvolvimento social e económico da região.