Economia Governo quer aumentar a taxa de contribuição da indústria transformadora no PIB

Governo quer aumentar a taxa de contribuição da indústria transformadora no PIB

O Governo pretende aumentar a taxa de contribuição da indústria transformadora no Produto Interno Bruto (PIB), considerando a abundância de recursos pesqueiros, florestais, minerais e petrolíferos, tidos como detentores de grande potencial para gerar fábricas. Actualmente, a indústria transformadora tem contribuído anualmente, em média, em, aproximadamente, 9% no Produto Interno Bruto.

Esta pretensão foi apresentada recentemente, em Maputo, pelo ministro da Indústria e Comércio, Silvino Moreno, na abertura de um seminário para socialização do Programa Nacional Industrializar Moçambique (PRONAI).

“A industrialização continua a ser uma das prioridades do Executivo para a transformação estrutural da economia, traduzida pelo crescimento do PIB e pela elevação da competitividade através da diversidade produtiva”, disse Silvino Moreno, citado pelo Notícias, sem ter adiantado dados concretos.

O governante lembrou que o Programa Quinquenal do Governo (PQG-2020-2024) preconiza que para a promoção de um ambiente macroeconómico equilibrado será priorizada, entre outras acções, a criação de condições para o alargamento e fortalecimento da promoção do desenvolvimento da indústria transformadora, com particular enfoque para as micro, pequenas e médias empresas (MPEM).

Recordou que a Política e Estratégia Industrial (PEI) 2016-2025 tem como objectivo tornar a indústria o principal veículo para a prosperidade e bem-estar do País, através da geração de postos de trabalho. “A transformação estrutural significa também apoiar o desenvolvimento de indústrias que aumentam o impacto das fontes existentes e reforçam a posição competitiva do País”, disse