Painéis solares instalados em alguns estabelecimentos de ensino para assegurar o fornecimento de energia na província de Nampula estão a ser roubados e vandalizados, situação que está a criar constrangimentos no seu funcionamento.

O delegado provincial do Fundo Nacional de Energia (FUNAE) em Nampula, Mahando Assane, disse que durante os primeiros seis meses do ano em curso foram roubados e vandalizados painéis solares instalados em 25 escolas de diferentes níveis de ensino, principalmente nos distritos, provocando prejuízos avaliados em mais de sete milhões de meticais.

Segundo a fonte, as acções dos malfeitores estão a contrariar os esforços do Governo de expandir energia para todos as regiões do país.

Para minimizar os prejuízos causados, uma equipa técnica está a efectuar alguns trabalhos de recuperação de algumas unidades, sobretudo nas escolas mais afectadas.

Assane afirmou que é nessa perspectiva que a direcção espera receber, nos próximos tempos, do Fundo Nacional de Energia, novos equipamentos para instalar nos estabelecimentos em causa.

O delegado provincial do FUNAE em Nampula referiu haver esforços, por parte da sua instituição, de inverter o actual cenário na província, através da promoção de actividades de sensibilização das comunidades, onde se situam os estabelecimentos de ensino, no sentido de estas serem vigilantes.

O Fundo Nacional de Energia em Nampula está a montar sistemas de fornecimento de energia com base em painéis solares e bombas de combustível em onze distritos da província.

Jornal Notícias