A empresa australiana Metals of Africa vai começar a efectuar furos de prospecção no rio Mazoe para procurar zinco, prata e chumbo, após ter conseguido angariar quase 500 mil dólares fruto da venda de acções. 

A empresa, cotada na Bolsa de Valores da Austrália, colocou 7,604 milhões de acções a 6,5 cêntimos de dólar junto dos investidores, na sua maioria já accionistas, preço que reflecte um desconto de 12,3% sobre a cotação média das anteriores 15 sessões.

A administração vai ainda solicitar autorização dos accionistas para proceder à emissão de mais acções, a fim de obter um encaixe de dois milhões de dólares.