Dois cidadãos de nacionalidade chinesa vão responder, dentro dos próximos dias, em juízo, no distrito de Angoche, na província de Nampula, indiciados de ofensas corporais voluntárias qualificadas e de tentativa frustrada de homicídio contra seus trabalhadores, moçambicanos, na empresa pesqueira Pesca Norte, vocacionada na captura de camarão.

Segundo a nossa fonte estes factos ocorreram há dias tendo, a primeira vítima, sido um trabalhador que fazia parte da tripulação de uma das oito embarcações sob administração da Pesca Norte.

Consta que o aludido trabalhador teria sido espancado e quase atirado ao mar pelo seu superior hierárquico, depois de uma discussão entre ambos. O caso deu entrada junto dos órgãos de administração da Justiça onde deverá ser julgado.

RM