Polícia deteve mais três supostos sequestradores
A Polícia da República de Moçambique (PRM) deteve, na quinta-feira passada, mais três supostos sequestradores, cuja prisão terá sido legalizada na manhã de ontem pelo juiz de instrução preparatória.

Por questões de segurança, os três supostos autores materiais de, pelo menos, cinco sequestros, ocorridos na cidade e província de Maputo, tiveram que ser ouvidos pelo juiz nas instalações da Polícia de Investigação Criminal na Machava, na 5ª Esquadra da cidade da Matola.

Trata-se de Arlindo Bernardo Timana, Manuel Valoi e Inácio Paulino que terão sido detidos na última quinta-feira na residência do primeiro, numa acção conjunta entre a Força de Intervenção Rápida e os Serviços de Informação e Segurança do Estado. Encontra-se foragido um dos supostos sequestradores, de nome Bush, e o respectivo mandante, um cidadão de origem indiana, segundo confissão dos ora detidos.