Homem 'traído' mata rival com arco e flecha em Buzi
No distrito do Búzi, em Sofala, um homem traído pela esposa na sua própria casa, recorreu sábado passado a uma azagaia, com a qual atingiu mortalmente o seu rival com três setas, informou ontem as autoridades policiais estacionadas na cidade da Beira.

Segundo o Diário de Moçambique, trata-se de Filipe Levene, de 29 anos de idade, que neste momento se encontra detido nas celas do comando provincial da PRM de Búzi, indiciado na prática de crime de homicídio voluntário.

Mateus Mazibe, oficial de imprensa no comando provincial da PRM de Sofala, revelou ontem ao Diário de Moçambique que crime ocorreu por volta das 19 horas do dia 1 de Setembro corrente, quando Filipe Levene surpreendeu a sua esposa em pleno acto sexual com um amante, Mafiasse Joaquim, de 30 anos, num dos compartimentos de sua residência, algures no distrito do Búzi.

Mazibe indicou que o marido traído recorreu a um arco e flecha, atirando contra o rival, atingindo-o no pescoço, nas costas e na coluna. O referido rival encontrou a morte no local.

A fonte indicou que após o cometimento do crime, Filipe Levene tentou empreender uma fuga, mas foi imediatamente dominado pela população circunvizinha, que posteriormente o entregou para as autoridades policiais de Búzi.

“Apelamos a população no sentido de não fazer justiça pelas próprias mãos, pois actos deste género constituem crime e são punidos nos termos da lei moçambicana. Os problemas passionais podem ser resolvidos amigavelmente para evitar derramamento de sangue como aconteceu no Búzi” – apelou Mateus Mazibe.