As autoridades policiais na província central de Sofala revelaram esta Terça-feira (4), que criminosos, ainda a monte, que balearam mortalmente, no Domingo (2), o comerciante Augusto Alberto Mapacha, conhecido por Fanhica, na zona da Mananga, na Beira, mataram também a tiro o seu empregado, Chibamo Jacobe, de 25 anos, para além de terem se apoderado de uma avultada soma em dinheiro.

Mateus Mazibe, oficial de imprensa no comando provincial da PRM de Sofala, deu a conhecer que o duplo assassinato (patrão e empregado) aconteceu cerca das 20h30  de Domingo, quando os referidos indivíduos, munidos de uma pistola, introduziram-se no interior da mercearia de Augusto Alberto Mapacha, de 40 anos de idade, com o intuito de se apoderar da receita do dia.

O grupo, de acordo com as autoridades policiais, era constituído de três elementos, sendo que dois foram os que se fizeram presente no interior do estabelecimento comercial.

“Já no interior da mercearia, os bandidos exibiram a pistola que tinham e posteriormente exigiram dinheiro. Como as vítimas mostraram-se resistência, eles atirar contra aqueles. O proprietário levou três tiros, sendo um no braço, outro na perna e o terceiro foi fatal, pois atingiu numa zona sensível do corpo, que neste momento não podemos descrever. O empregado apanhou um tiro e morreu a caminho do Hospital Central da Beira” – disse Mateus Mazibe, dando a conhecer que os assaltantes levaram consigo avultadas somas em dinheiro ainda não especificadas.

A fonte disse que a Polícia accionou mecanismos operativos visando esclarecer o caso, para além de ter reforçado a presença policial no local.