Polícia detém mais uma "mula" de droga no aeroporto de Mavalane

A Polícia da República de Moçambique (PRM) deteve este Domingo (19), no Aeroporto Internacional de Mavalane, na capital moçambicana, mais um cidadão estrangeiro que tentava passar pelo nosso país transportando no seu organismo estupefacientes ilegalmente.

Trata-se de um cidadão de nacionalidade peruana, identificado como Edgar Chanhanaki, que foi detido após os serviços de vigilância do aeroporto terem desconfiado do seu comportamento. Após a detenção o indivíduo foi encaminhado para o Hospital Central de Maputo onde foram retiradas do seu corpo 15 preservativos que continham um líquido, de cor amarela, com grande teor tóxico, que se supõe se trate de droga.

Esta informação foi prestada pelo porta voz do comando da PRM, na cidade de Maputo, Orlando Modumane, no briefing semanal de ocorrências criminais em Maputo.

Entretanto a PRM interceptou ainda no aeroporto de Mavalane 51 emigrantes ilegais, que foram repatriados aos seus locais de origem. Deste grupo 29 paquistaneses e 11 bengalis possuíam vistos de entrada falsos e 11 cidadãos somalis foram repatriados por não conseguiram esclarecer os motivos da sua vinda à Moçambique.

Outras acções policiais

Ainda durante a semana finda, em diversas acções da PRM, foram detidos 94 indivíduos. 56 cometeram crimes contra propriedade, 25 contra pessoas e 13 contra ordem, segurança e tranquilidade públicas.

O porta voz da PRM mencionou ainda um caso de roubo, cujos autores ainda estão a monte, que aconteceu no bairro do Albasine, onde cinco indivíduos que se faziam transportar numa viatura sem matrículas, da marca Toyota Space, e munidos de armas de fogo do tipo pistola, imobilizaram o guarda de um estabelecimento comercial, ameaçaram o caixa e apoderaram–se de 140 mil meticais e da arma de fogo do vigilante e bem como de diversos produtos alimentares tendo em seguida fugido do local.