Internacional Refinaria Russa alvo de ataque de drones ucranianos

Refinaria Russa alvo de ataque de drones ucranianos

Receba atualizações de trabalhos do MMO Emprego

Siga o nosso canal do Whatsapp para receber atualizações diárias anúncios de vagas.

Clique aqui para seguir

Pelo menos seis pessoas ficaram feridas após um ataque realizado por drones ucranianos contra instalações industriais na república russa do Tartaristão, situada a cerca de 900 quilómetros de Moscovo.

O ataque aéreo com drones foi dirigido contra fábricas localizadas em Yelabuga e Nizhnekamsk, conforme informou o serviço de imprensa do líder tártaro, Rustem Minnikhanov, por meio de uma mensagem divulgada na plataforma Telegram.

Embora tenham ocorrido danos significativos, o processo de produção nas empresas não foi interrompido. Em Yelabuga, alguns feridos foram registados devido ao ataque.

A Zona Económica Especial de Yelabuga, que abriga diversas fábricas e empresas especializadas na produção de produtos químicos, mecânicos e de transformação de metais, foi um dos principais alvos do ataque. Além disso, dois drones atacaram uma residência em Yelabuga durante a madrugada, resultando em ferimentos em duas pessoas.

Por sua vez, Nizhnekamsk é conhecida por ser sede de uma refinaria de petróleo de grande importância na região.

Nos últimos tempos, a Ucrânia intensificou os ataques contra a Rússia, com foco particular em instalações energéticas. Recentemente, as forças russas anunciaram ter abatido dois drones ucranianos na região de Belgorod e destruído seis outros drones ucranianos sobre o Mar Negro.

Na sequência desses eventos, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, reuniu-se com militares e ministros para discutir a necessidade de aumentar a produção de drones para fins de defesa. Zelensky enfatizou a importância dos drones como fator decisivo para a vitória na guerra contra a Rússia, destacando a necessidade de drones cada vez mais eficazes para as forças ucranianas.