Internacional Detido adepto do Atlético de Madrid por insultar menina com camisola de...

Detido adepto do Atlético de Madrid por insultar menina com camisola de Vinicius

Receba atualizações de trabalhos do MMO Emprego

Siga o nosso canal do Whatsapp para receber atualizações diárias anúncios de vagas.

Clique aqui para seguir

Um adepto do Atlético de Madrid foi detido pela polícia espanhola, sob a suspeita de proferir insultos racistas e ameaças de morte contra uma menina de oito anos que vestia uma camisola com o nome do jogador do Real Madrid, Vinicius.

Segundo informações divulgadas pela polícia, o incidente ocorreu em 24 de setembro e foi presenciado por vários adeptos do Atlético de Madrid, que intervieram para impedir a continuação do ataque.

De acordo com o comunicado da polícia, o adepto atacou a menina, que estava na companhia de um familiar, com insultos racistas e ameaças de morte. O agressor foi detido e está a ser acusado de um crime de ódio.

O incidente ocorreu próximo ao Estádio Metropolitano, antes do início do clássico contra o Real Madrid. A tia da menina foi agredida duas vezes no braço pelo adepto, o que resultou numa forte crise de ansiedade e na necessidade de deixar o local acompanhada pela família.

As autoridades iniciaram uma investigação, sendo que vídeos do incidente, fornecidos por um jornalista presente no local, foram cruciais para localizar e identificar o adepto detido.

Vinicius Jr., jogador brasileiro do Real Madrid, tem sido alvo frequente de ataques racistas, e este incidente recente sublinha os desafios enfrentados no combate ao racismo no futebol espanhol. Em casos anteriores, o jogador foi alvo de insultos, incluindo um incidente em Valência em maio, que gerou uma indignação internacional.

Em outra ocasião, quatro adeptos dos ultras do Atlético de Madrid foram proibidos de entrar em estádios por dois anos após pendurarem um boneco com a imagem de Vinicius Jr. numa ponte da capital espanhola, em janeiro de 2023.