Destaque Dois guardas fronteiriços suspensos por agredir motorista malawiano em Tete

Dois guardas fronteiriços suspensos por agredir motorista malawiano em Tete

Receba atualizações de trabalhos do MMO Emprego

Siga o nosso canal do Whatsapp para receber atualizações diárias anúncios de vagas.

Clique aqui para seguir

Dois agentes da guarda fronteira moçambicana foram suspensos após um inquérito preliminar ter concluído que eles usaram força excessiva contra um motorista malawiano no posto fronteiriço de Zóbuè, no distrito de Moatize, em Tete.

O incidente ocorreu no dia 24 de Janeiro de 2024, quando o camionista malawiano, identificado como John Banda, foi agredido pelos agentes enquanto tentava atravessar a fronteira.

De acordo com relatos, os agentes teriam espancado Banda com cassetetes e pontapés, causando-lhe lesões no tornozelo esquerdo, cabeça e dor lombar.

Um relatório médico emitido pelo Hospital Central Queen Elisabeth confirmou as lesões de Banda. As autoridades malawianas condenaram o incidente e pediram uma indemnização para a vítima. A decisão final sobre a indemnização dependerá do relatório final da investigação em curso.

Em resposta ao incidente, as delegações técnicas de Moçambique e Malawi, incluindo o corpo diplomático dos dois países, reuniram-se em Mangochi, no Malawi, no dia 31 de Janeiro de 2024.

Durante a reunião, Moçambique pediu desculpas publicamente ao Malawi pelo “precedente negativo” e prometeu trabalhar com a polícia para garantir que tais atos não se repitam.