Destaque Governo quer legalizar actuação da força local

Governo quer legalizar actuação da força local

O Governo moçambicano pretende a legalização do recurso à força local em situações de conflito armado no país e já depositou uma proposta no Parlamento nesse sentido, disse o porta-voz do Executivo.  

Filimão Suaze, citado esta quinta-feira pelo Notícias, avançou que o Governo submeteu na Assembleia da República uma proposta de aditamento à lei da defesa nacional e das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) em que chama a si a organização e funcionamento da força local.

No documento, de acordo com Suaze, a força local é constituída por “membros da comunidade de uma circunscrição de base”.

A proposta entregue ao Parlamento preconiza que a entidade atue sob subordinação do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas.