Início Sociedade Há perseguição contra ex-guerrilheiros do DDR

Há perseguição contra ex-guerrilheiros do DDR

Número dois da RENAMO, André Madjibire, diz que antigos guerrilheiros receiam pela vida. Analista Dércio Alfazema defende que deveria haver um projeto educativo para ajudar comunidades a acolher os antigos combatentes.

Em Moçambique, pelo menos 2.554 combatentes da Resistência Nacional Moçambicana (RENAMO), de um total de 5.262, continuam à espera da integração na vida civil no âmbito do processo de Desarmamento, Desmobilização e Reintegração (DDR). Segundo o secretário-geral da RENAMO, André Madjibire, parte destes combatentes continua em bases espalhadas um pouco por todo país.

FONTEDW
Artigo anteriorHá cerca de 1300 processos disciplinares contra funcionários públicos
Próximo artigoInvestigações sobre os atentados suicidas terminou em mortes no Uganda