Início Internacional Africa Refugiados ruandeses acusam embaixada de ordenar as execuções e sequestros

Refugiados ruandeses acusam embaixada de ordenar as execuções e sequestros

Os refugiados ruandeses em Moçambique acusam a embaixada do Ruanda de estar implicada nos assassinatos e raptos dos seus conterrâneos dissidentes do regime de Kigali.

A representação diplomática do Ruanda em Moçambique é vista como um “centro operativo” que ordena as execuções e sequestros de dissidentes ruandeses pela Associação dos Refugiados Ruandeses.

O presidente da associação, Cleophas Habiyareme questiona também o silêncio da comunidade internacional face aos repetidos crimes que nunca foram esclarecidos.

FONTEDW
Artigo anteriorAdvogado é investigado por branqueamento de capitais e obstrução à justiça
Próximo artigoHomem força gato a nadar em banheira e acaba preso pela polícia