Início Internacional Africa Zimbabué pretende enviar mais de 300 militares para apoiar o combate ao...

Zimbabué pretende enviar mais de 300 militares para apoiar o combate ao terrorismo em Cabo Delgado

O Zimbabué decidiu enviar para a província moçambicana de Cabo Delgado 304 militares, especializados no combate ao terrorismo.

A informação foi avançada na quinta-feira (29.07) pela ministra zimbabueana da Defesa, Oppah Muchinguri, na capital, Harare. Muchinguri, citada pelo portal Bloomberg, garantiu que, assim que for assinada a documentação necessária, as tropas do país vão reforçar o contingente da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) no norte de Moçambique.

A governante não avançou a data de envio da equipa militar. Nesta missão seguirão 303 instrutores para treinar as forças moçambicanas e um oficial especializado, que integrará o quartel-general da SADC.

Angola, Botswana, Ruanda e África do Sul são países que, no âmbito da SADC, já anunciaram o envio de soldados para ajudar Moçambique a combater os insurgentes na província de Cabo Delgado.

FONTEDW
Artigo anteriorPolícia portuguesa desmantelou rede burlas com empréstimos através da internet
Próximo artigoLançada nova Recarga Universal denominada YO! em Moçambique