Autoridades receberam várias chamadas a reportar que alguém estava a jantar num restaurante fora de horas.

As autoridades foram chamadas a um restaurante da Nova Escócia, no Canadá, após várias denúncias a reportar que estaria um cliente a jantar num restaurante em violação das restrições para combater a pandemia. Ao chegar perceberam que sentado no local estava afinal… um manequim.

O dono do estabelecimento, Mike Cormier, contou à imprensa local disse que a polícia visitou o seu estabelecimento na semana passada depois da denúncia ter sido feita. “O agente saiu do carro, estava a olhar pela janela e para o manequim”, contou.

Saiu do restaurante e ao falar com o polícia percebeu que o manequim tinha sido confundido com um cliente humano. Mike recorreu depois às redes sociais para partilhar a imagem do seu ‘cliente’ com os carros da polícia atrás e apelar a que parem de chamar a polícia ao local.