A Arábia Saudita suspendeu na 5ª feira a importação de carne de frango de 11 unidades brasileiras, das quais 7 são do grupo JBS. O país árabe é o 2º maior comprador da proteína animal brasileira.

Em nota conjunta, os ministérios da Agricultura e das Relações Exteriores disseram que receberam a notícia “com surpresa e consternação”. As pastas afirmaram que não foram contactadas pelas autoridades sauditas e que não houve “apresentação de motivações ou justificativas que embasem as suspensões”.

“A informação consta apenas em nova lista de plantas brasileiras autorizadas a exportar, publicada hoje pela Saudi Food and Drug Authority (SFDA), que exclui os referidos estabelecimentos, previamente permitidos”, lê-se no comunicado.

“Até o momento, apenas o Brasil foi objeto de atualização de lista de exportadores de carne de aves.”