Um professor de informática embriagado levou vários alunos a um clube de strip durante uma visita de estudo e acabou por ser proibido de dar aulas durante os próximos três anos.

O comportamento de Richard Glenn, de 55 anos, levou-o a ser mandado para casa mais cedo durante a viagem da escola ‘Longridge Towers School’ à Costa Rica.

O homem terá ainda ameaçado os alunos em tom agressivo. O código de má conduta da escola, citado pela BBC News, referiu que o comportamento do professor “colocou em risco vários alunos, uma vez que estavam aos seus cuidados”.

O homem admitiu que não havia “malícia ou intenção sexual” em levar os alunos para o clube de dança erótica, mas confessou que era “inapropriado” e que não se lembrava do que tinha acontecido “devido ao seu estado de embriaguez”.