As autoridades tanzanianas disseram que 500 voluntários estão tentando apagar um incêndio no pico mais alto da África, o Monte Kilimanjaro.

As chamas podiam ser vistas a quilômetros de distância.

Uma declaração dos Parques Nacionais da Tanzânia disse que os voluntários conseguiram limitar a propagação do fogo.

O porta-voz Pascal Shelutete disse que a área ainda em chamas é conhecida como Monte Kifunika.

“Uma grande porcentagem do incêndio foi contida pela equipe de várias agências que está trabalhando desde o início da manhã”, disse Shelutete.

Ele disse que o incêndio pode ter sido causado por um trabalhador aquecendo comida para turistas.

“A atividade turística continua”, afirmou, garantindo segurança aos turistas. A montanha é popular entre os caminhantes e escaladores. Mt. Kilimanjaro é o pico mais alto da África.