Um avião que transportava 129 pacientes COVID-19 aterrissou em Hanói na quarta-feira, com cidadãos vietnamitas de Bata, na Guiné Equatorial.

Os pacientes, que estavam em condições estáveis ​​após um vôo de 12 horas, foram transferidos para o hospital para tratamento.

Vestindo todos os trajes de proteção azuis, eles saíram do avião gritando “Obrigado, Vietnã, por nos trazer para casa”.

O hospital de doenças tropicais de Hanói liberou 500 leitos para tratar os novos casos importados.

A Guiné Equatorial registrou 3.071 casos de coronavírus e 51 mortes.

Embora o Vietnã tenha adoptado medidas para controlar um recente surto de coronavírus doméstico iniciado na praia da cidade de, no continente africano, a pandemia ainda não atingiu seu auge.