Mary Kay Letourneau, uma antiga professora que foi presa por violação de um dos seus alunos menores, morreu. A docente de Seattle, nos EUA, foi acusada de violar um dos seus alunos de 6.º ano, em 1997. Na altura, tinha 34 anos, e quatro filhos, e a alegada vítima, Vili Fualauu, 12 anos.

Mary saiu em liberdade condicional em 1998 e foi proibida de contactar Vili. Não cumpriu a ordem e voltou a ser presa para cumprir a pena de sete anos de prisão.

Mary e Vili viriam a casar, em 2005, e tiveram duas filhas. Em 2017, o homem pediu o divórcio.

Mary Kay Letourneau morreu aos 58 anos, vítima de cancro. O anúncio da sua morte foi feito pelo seu advogado, esta terça-feira.