O Serviço Provincial de Identificação Civil de Nampula anunciou que grande parte dos bilhetes de identidade (BI’s)  produzidos não estão a ser levantados ou requeridos, facto que constitui preocupação para aquela instituição.

De Janeiro a Dezembro do ano passado foram produzidos cerca de duzentos e vinte e um mil bilhetes de identidade, parte destes continuam a espera dos seus requerentes.

Para se ultrapassar a situação, a instituição avançou com uma campanha de entrega ao domicílio, acreditando-se que desta forma pode se dar vasão ao volume dos daqueles documentos de identificação.

“Temos vindo a ter uma demanda muito grande de requerentes mas em contrapartida não temos tido a mesma situação em relação ao levantamento, por isso estamos focados a fazer a entrega ao domicílio. Se calhar, pode ser pelo facto de, na nova plataforma, ter reduzido o tempo de espera do BI”, referiu Martinho Salimo, chefe dos recursos humanos no Serviço Provincial de Identificação Civil de Nampula de Nampula. Campanha prevê que durante os cem dias do presente ano, serão entregues ao domicílio cerca de quatro mil e quinhentos bilhetes de identidade.