Um autocarro de passageiros foi engolido por um buraco que se abriu subitamente numa rua central de uma das maiores cidades do noroeste da China, deixando seis mortos e 10 desaparecidos, segundo a imprensa chinesa.

O asfalto numa rua movimentada de Xining, a capital da província de Qinghai, cedeu na segunda-feira, por volta das 17:30 horas, engolindo o veículo, detalhou a estação estatal chinesa CCTV.

Um vídeo difundido pela agência de notícias China News Service mostra pedestres em pânico, a fugir da cavidade que se formou em frente a uma paragem de autocarros, e o veículo praticamente na vertical dentro do buraco.

As operações de resgate prosseguem e foi lançada uma investigação para determinar a origem do acidente, informou a CCTV, acrescentando que as 16 pessoas feridas se encontram em “condição estável”.

Fotos divulgadas pela China News Agency mostram a operação de resgate, com retroescavadoras e um guindaste para retirar o autocarro do buraco, formado em frente a um hospital.

Não é o primeiro incidente deste tipo na China.

Em 2016, vários transeuntes caíram num buraco que se abriu subitamente numa rua na cidade de Zhengzhou, a capital da província de Henan, centro da China.

Uma investigação indicou que o colapso foi causado por canos sob a estrada que terão cedido sob a pressão da água da chuva.

Em 2013, cinco pessoas morreram quando uma cavidade de 10 metros de profundidade se abriu repentinamente num distrito industrial de Shenzhen, sul do país.

JN