Pelo menos 70 soldados nigerinos morreram em conflitos iniciados na noite de terça-feira  (10) e que se prolongaram até à manhã de quinta-feira no Níger, após o ataque de um grupo armado contra um acampamento militar.

De acordo com fontes militares, citadas pela agência espanhola Efe, os confrontos provocaram também a morte a 50 dos atacantes, cuja filiação ainda não é conhecida.

Os ataques ocorreram perto de Inates, a cerca de 100 quilómetros da capital nigerina, Niamey, e os responsáveis terão chegado ao país vindos do Mali.

Numa violenta ofensiva, os atacantes acabaram por destruir o acampamento militar, tentando levar várias armas.

Este é o segundo ataque na região ocidental do Níger em três dias, contrariando a tendência que até aqui se verificava e em que os principais ataques se concentravam no sudeste nigerino, em particular na região de Diffa, junto à fronteira com a Nigéria.

Notícias ao Minuto