Ao menos 16 pessoas morreram e outras 30 ficaram feridas após um atentado a bomba na manhã desta sexta-feira (12), horário local, em Quetta, no Paquistão. O ataque ocorreu em um mercado a céu aberto da cidade, no oeste do país.

Uma grande explosão atingiu o local na primeira hora da manhã, disse a polícia local. Um grande número de pessoas se encontravam no mercado de compras, uma vez que os camiões carregados de frutas e verduras chegam de fora da cidade. Ainda segundo a polícia, a bomba caseira estava escondida em um saco de batatas.

A região onde o mercado se localiza é marcada por um grande número de moradores da minoria islâmica hazara. Dos 16 mortos, oito eram desse grupo étnico. O primeiro-ministro paquistanês, Imran Khan, condenou o ataque em um comunicado. Ele ainda pediu que “os feridos recebam o melhor tratamento possível”.

Quetta, capital da província de Baluchistán, é uma das áreas com a maior presença de conflitos do Paquistão. Na província actuam grupos armados separatistas, facções talibans e grupos jihadistas.

A violência terrorista diminuiu notavelmente desde que o Exército lançou uma operação nas zonas tribais do noroeste em Junho de 2014 e que mais tarde se expandiu para o resto do país. Nessa operação morreram 3.500 suspeitos de terrorismo, de acordo com dados do Exército não verificados de forma independente.

Metrópoles