Uma mulher de 21 anos foi detida por alegadamente cortar a mão com uma motosserra com o objectivo de receber dinheiro do seguro em Liubliana, na Eslovénia.

Segundo avança a BBC, a jovem e um familiar foram detidos e estão em risco de ser condenados a oito anos de prisão.

A mulher teria ganho cerca de 400 mil euros em indemnizações e pagamentos mensais de cerca de três mil euros de apólice.

Recorde-se que quatro elementos da família foram detidos no início deste ano, mas acabaram libertados mais tarde.

As autoridades adiantaram que a mulher não quis ir ao hospital para simular o corte com uma motosserra.

CM