Uma mulher de 36 anos foi condenada a prisão perpétua por ter afogado a filha de três anos para se vingar do marido de quem se tinha separado. 

Claire Colebourn afogou Bethan na banheira da casa da família em Fordingbridge, Hampshire, em 2017.

Após ter matado a filha, Colebourn tentou matar-se mas foi salva por paramédicos. A mulher foi considerada culpada de homicídio esta sexta-feira.

No tribunal, Claire não demonstrou quaisquer emoções perante a condenação do juiz.

A juíza disse que Colebourn deveria ter pedido ajuda depois da sua vida se ter tornado uma “montanha-russa emocional” quando o seu casamento terminou e o marido deixou a casa da família.

CM